02 abril 2014

Mais umas pernas governamentais

Ségolène Royal saiu eufórica de Matignon. Não se compreende o motivo da exultação, pois à ex de Hollande (também ex-candidata ao Eliseu e ex-candidata derrotada ao Parlamento) havia que dar um lugar (qualquer lugar). É a lei de bronze da oligarquia. Esta gente que nunca trabalhou tem sempre cabidela no orçamento e um palminho de cara sempre ajuda. E queixamo-nos do tachismo português, com a vantagem francesa de possuir umas oligarcas saídas das passerelles. Por aqui, ficamo-nos com versões mais neolíticas de Anas Gomes, Catarinas Martins e outras hirsutas.


01 abril 2014

Irmão Penitência

A CASA - Centro de Apoio aos Sem Abrigo - informa ter recolhido Almeida Santos, que há meses vivia desvalido num esconso de Alfama. Conhecido por o Eremita, Santos cobria-se com uma serapilheira feita em tiras, mendigando malgas de caldo por uma oração a Nossa Senhora das Dores. Vai dar entrada no mosteiro dos Pobres de Deus, expressando a vontade de receber votos e tomar o nome de Irmão Penitência.