20 maio 2014

Confusões "tradicionalistas"


Dou-me conta que alguns caríssimos amigos "tradicionalistas" persistem em usar conceitos inventados pelos seus inimigos no século XIX e que disso fazem grande exibição, nomeadamente as contraposições entre antropocentrismo v. teocentrismo, sacralização v. secularização e imanentismo v. transcendentalismo. Ora, qualquer leitura, mesmo que superficial dos autores de referência do século XVIII, permite-nos verificar que não tem mais sustentabilidade a velha teoria que trata de associar a Ilustração (as Luzes) ao fenómeno da descrença. A realidade é bem outra: às Luzes da descrença e até do ateísmo, opuseram-se um Iluminismo católico, um Iluminismo protestante e até um Iluminismo judaico. Não, o Catolicismo não se opôs ao conhecimento do homem, da sociedade e do mundo. Chega de confusões.

Sem comentários: