13 janeiro 2014

A indústria napoleónica segue e soma


Contrafação oblige. O Príncipe Charles Napoléon, chefe da "Casa Imperial" francesa, apoia a candidatura socialista à mairie de Paris. Bom, o descendente do ditador que se fez imperador, afirma-se "sensível às questões ambientais". Talvez, incomodado pelas nauseabundas pestilências que exalam do partido de Hollande, o falso príncipe queira ajudar à limpeza das estrebarias do novo Augias.

Sem comentários: