01 junho 2013

Para a imprensa angolana, Dom Duarte de Bragança já é Rei de Portugal


Se entre-muros a república conhece dias de escárnio e ao Chefe de Estado já não são tributadas quaisquer provas de respeito, ao Chefe da Casa Real - cá como no mundo que fala português - são reconhecidas qualidades de representação do país. Angola recebe festivamente Dom Duarte de Bragança, demonstração clara que naquele país a tão propalada hostilidade a Portugal deve ser interpretada como desconfiança em relação aos titulares do regime. Dom Duarte é para os angolanos "o Rei de Portugal".
Após a atribuição da cidadania timorense e da recepção em grande estadão que lhe foi preparada há meses, aquando da sua visita ao Brasil, só nos ocorre uma velha obra publicada pela antiga Agência Geral do Ultramar e que tinha por título Navegação de Paz e Glória.

4 comentários:

Pedro Leite Ribeiro disse...

Claro que D. Duarte é o Rei de Portugal! O Presidente da República, seja ele qual for, será sempre o usurpador. A propósito, ouviu o discurso que este proferiu há dias, no Alto Minho, referindo-se a "os diabetes" e aos "cidadões", tendo, esta última preciosidade, direito a repetição? Terá feito mal o ensino primário, ou padecerá de alguma doença neurodegenerativa?

ana disse...

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Seguranca/Interior.aspx?content_id=3253403

Paulo Selão disse...

Claro que as Tvs portuguesas irão censurar e da visita nem uma palavra.

Paulo Selão disse...

É claro que as televisões portuguesas irão censurar a visita e ignorar a notícia.