09 maio 2013

Palavras para quê? Moscovo, hoje pela manhã. A Praça Vermelha ainda não pertence aos espalhadores de mercado nem aos brokers

Sem comentários: