20 maio 2013

O suave perfume da vitória anda no ar


O Exército Árabe Sírio soma vitória após vitória sobre os espalhadores de mercado e seus aliados da Al Qaeda. O desfecho vitorioso desta terrível contenda parece retemperar a esperança de quantos, desiludidos com a hipocrisia, duplicidade, má-fé ou simplesmente estupidez de muitos - uns, coitados, obedientes e servis seguidistas; outros, declarados inimigos da paz - seguem a tremenda crónica do conflito com a mesma intensidade de sentimentos com acompanhariam similar tragédia no seus países de origem. A guerra da Síria - aliás, a guerra imposta à Síria - revelou a que ponto o chamado Ocidente abdicou da velha autoridade moral e civilizacional que arremessava a qualquer adversário. O mundo mudou. A Europa e os EUA deverão, quanto antes, tirar ilações sobre a imperícia dos seus decisores e governantes, impedindo que tamanhas obscenidades e erros de análise se repitam.
No vídeo, soldados do governo dançam a vitória.

1 comentário:

Pedro Lopes Rodrigues disse...


Espero que em breve os terroristas sejam todos abatidos.


Bachar Al Assad é um grande líder.