28 março 2013

Quem nos matou Calígula?

No dia em que a Guarda Pretoriana abateu Calígula num sombrio criptopórtico, a plebe romana reuniu-se rosnando em frente do palácio do tirano derrocado, perguntando porque haviam assassinado "o nosso Calígula" - o que tantas festas e prazeres havia derramado - e impedindo o Senado de regressar à velha ordem pré-juliana. Os pretorianos, assustados e temendo serem esmagados pela fúria do povo, foram em busca de um novo imperador e descobriram, apavorado e escondido atrás de uma cortina, o velho tio do falecido tirano. Aí, a população aplaudiu e voltou a suas casas aguardando a revoada de festas e corridas que sucediam à ascensão de um novo dirigente. 
Em 2000 anos nada mudou. As pessoas, como sempre, escolhem o pior, aplaudem e sentem-se livres.

Sem comentários: