26 janeiro 2013

80 anos da fome artificial que matou 8 milhões de ucranianos: este crime não foi cometido pelos nazis

Passam 80 anos sobre o genocídio dos ucranianos. Dele pouco se fala, pois os crimes do comunismo continuam a ser tabu para a generalidade dos historiadores, dos jornalistas e dos moralistas. Estes 8 milhões desapareceram, literalmente, da história, não há quem os reclame, por eles não dobraram sinos e os seus executores morreram placidamente. O comunismo, que matou 100 milhões no século XX, continua à espera de uma sentença.

1 comentário:

Isabel Metello disse...

Miguel, mais uma vez, subscrevo: existiram duas (?!- tantos holocaustos verificados desde o início da História da (des)humanidade e em pleno séc. XX, só que a tirada do "Triunfo dos Porcos" se aplica e como- "somos todos iguais, mas uns são mais iguais do que outros", o que é similar à célebre máxima stalinista: "100 mortes são uma tragédia 1.000 mortes uma mera estatística!") soluções finais: a nazi e a stalinista, só que, quanto à primeira A Memória das Vítimas Tem Sido Honrada, quanto à segunda, continua a ser branqueada. O mal não tem cor, nem lateralidades superficiais, tem um cheiro estrutural a enxofre e os extremos tocam-se e a putrefacção anímica pertence ao mesmo clube! O comunismo espalhou a desgraça no mundo, sem dúvidas absolutamente algumas! E di-lo uma não mcdonaldizada, embora preferisse engolir junk food para o resto da minha existência do que viver nas ex- repúblicas soviéticas e nalguns redutos actuais, entre os quais "o paraíso" cubano, idolatrado por gente que tem 50 pesos e 50 medidas! E tb ainda prefiro viver num ocidente totalmente manipulado pelo vil metal do que em países em que a burkha e a sharia se impõe. Se bem que é tudo relativo- há várias Sunas e Sharias à medida de cada povo!...George Orwell é que os topou e era um socialista, mais tarde, desencantado...Com Raras Excepções, sempre a Enaltecer, as pessoas mais materialistas, mais egoístas, mais autocentradas, mais minudentes (no sentido de mesquinhas...) e mais afoitas à discriminação, opressão e silenciamento alheio eram ou tinham sidio rubras, devotas do materialismo histórico...Manias! E aqueles que se converteram ao capitalismo selvagem?! Ui! "Não peças a quem pediu nem sirvas a quem serviu"!