13 novembro 2012

CDS mete o ferro


O CDS disse, limpo e sem rebuço, aquilo que sucessivas décadas de tandem PSD-PS fizeram pela coutada da RTP: centuriaram, enriqueceram nulidades, mantiveram-nas e acumularam-nas. A RTP transformou-se num armazém de maus gestores, maus administradores, péssimos produtores, deploráveis jornalistas. O resultado está à vista. A RTP não presta serviço público. Existe, é tudo. É tempo de a reformar do tecto às fundações, rever o conceito fundacional, devolvê-la aos portugueses. Se assim não for, não vale uma missa. Para má televisão, bastam a SIC e a TVI, expoentes na arte de encanalhar o país.

Sem comentários: