04 outubro 2012

Todos ao palácio da Independência


Amanhã, 5 de Outubro,  pelas 15 horas, S.A.R., o Senhor D. Duarte, Duque de Bragança irá dirigir aos Portugueses uma Mensagem, no Palácio da Independência (ao Rossio).
No momento decisivo por que passamos, a autoridade moral que assiste ao Chefe da Casa Real sobrepõe-se  a todas as facções, partidos e interesses, convidando a oportuna reflexão sobre a necessidade vital de Portugal se consagrar a um objectivo colectivo e patriótico que salve o país e reabra a esperança.


3 comentários:

Lionheart disse...

Nem imagina como o seu apelo faz todo o sentido. Até aqui a "troika" tem estado a pagar para manter o Estado português, mas se o governo não tiver sucesso, daqui a um ano Portugal será confrontado com uma fractura em tudo semelhante à fractura que ocorreu nos anos 70. De um lado os dependentes do Estado, que perante as exigências previsiveis dos credores de cortes profundos na despesa do Estado (no caso do aumento dos impostos ficar àquem do esperado), farão pressão para que Portugal saia do Euro, para que através da impressão de moeda possam manter o status quo (pensam eles...). Do outro lado estará a economia privada, que será pulverizada com uma saída descontrolada da moeda única. Ambos os interesses serão incompatíveis. Este é o maior perigo para Portugal e então D. Duarte será uma voz pela Nação. Está acima de interesses particulares. Não é responsável pelo estado do país e até avisou várias vezes que Portugal tomava um caminho perigoso. A Casa Real poderá ter um papel importantíssimo para evitar que o país caia na mão de uma maralha ignorante e egoísta que só pensa nos seus interesses particulares.

jorge.oraetlabora disse...

A salvação de Portugal apenas pode radicar num Chefe impoluto, sensato, competente e culto, e, sobretudo, com a Pátria no coração!
Esse Homem é SAR D.Duarte !

António Bettencourt disse...

Uma brilhante descrição da cerimónia de hoje:

http://portugaldospequeninos.blogs.sapo.pt/3286644.html