14 setembro 2012

Um novo 25 da Silva? Só se fosse para matar o moribundo


Vasco de Melena e Pá também anda indignado. Para quem vence o que vence e trabalha como um stakanovista como a rotunda figura, imagino a autoridade moral que detém para pedir uma revolução. Vasco de Melena e Pá é um apparatchik - como o são todos os indignados que por aí enxameiam os telejornais -, pelo que só ganharia em ficar calado e manter a geringonça a funcionar. Esta gente ainda não compreendeu que a queda do regime acarretaria o fim das redes fisiológicas e privilégios que meticulosamente entreteceram ao longo de décadas - as mais venais da história portuguesa - e que lhes seriam pedidas explicações pelo desastre em que precipitaram Portugal. As barrigas willendorfianas destes monumentos à inconsciência criminosa dizem tudo.

Sem comentários: