07 setembro 2012

A indecência do pirosismo

5 comentários:

Pedro Marcos disse...

Miguel, deixe lá as piroseiras desses broncos. Isso faz parte da natureza deles e não deve haver lugar a surpresas.

Dedique-se antes às nossas.
Como esta (vale bem um postal seu, caramba)

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=6v5OPkOFHL8

Conservador disse...

Os broncos que nasceram há 200 anos, que são filhos dos rejeitados, dos que querem viver sem impecilhos, sem tiranos, os que têm as melhores universidades, os que dão cartas na medicina, na física, na filosofia, mesmo na arte...enfim, o habitual eurocentrismo...

Bonaparte disse...

Desculpe, na filosofia?

Lionheart disse...

É impressionante a quantidade obscena de dinheiro que estas campanhas americanas movimentam por causa de candidatos mediocres e com mensagens básicas. 90% dos anúncios publicitários são anúncios negativos, apenas a atacar o adversário, para motivar um eleitorado apático a levantar a p**** do sofá e dar-se ao trabalho de ir votar. Tanto dinheiro para tão poucas ideias.

Agora os apoiantes do Obama dizem que ele não se sabe vender "coitado", porque parece que o discurso do Bill Clinton ofuscou o seu. Um personagem que não faz mais nada desde que entrou para a política nacional em 2004 senão campanha eleitoral, não se sabe vender?? LOL Esteve apenas dois anos no Senado e foi logo eleito presidente, um currículo paupérrimo, o que é que os americanos estavam à espera? Já "expiaram" os seus pecados por causa da escravatura, elegendo um negro para a Casa Branca, pois ao fim e ao cabo, toda o "entusiamo" por Obama é por ser negro, porque não há nada no seu percurso académico, de vida ou profissional que não seja igual a centenas de políticos e não passa pela cabeça que estes sejam presidenciáveis sequer. Agora o personagem já nem é "inspirational". Pudera. Também quem acreditou nesta propaganda toda não merecia outra coisa. Que infantilidade pegada.

Lionheart disse...

É impressionante a quantidade obscena de dinheiro que estas campanhas americanas movimentam por causa de candidatos mediocres e com mensagens básicas. 90% dos anúncios publicitários são anúncios negativos, apenas a atacar o adversário, para motivar um eleitorado apático a levantar a p**** do sofá e dar-se ao trabalho de ir votar. Tanto dinheiro para tão poucas ideias.

Agora os apoiantes do Obama dizem que ele não se sabe vender "coitado", porque parece que o discurso do Bill Clinton ofuscou o seu. Um personagem que não faz mais nada desde que entrou para a política nacional em 2004 senão campanha eleitoral, não se sabe vender?? LOL Esteve apenas dois anos no Senado e foi logo eleito presidente, um currículo paupérrimo, o que é que os americanos estavam à espera? Já "expiaram" os seus pecados por causa da escravatura, elegendo um negro para a Casa Branca, pois ao fim e ao cabo, toda o "entusiamo" por Obama é por ser negro, porque não há nada no seu percurso académico, de vida ou profissional que não seja igual a centenas de políticos e não passa pela cabeça que estes sejam presidenciáveis sequer. Agora o personagem já nem é "inspirational". Pudera. Também quem acreditou nesta propaganda toda não merecia outra coisa. Que infantilidade pegada.