10 agosto 2012

Não recomendável para preguiçosos mentais


Límpida, académica, sensata e corajosa análise da situação na Síria. Não recomendável para preguiçosos mentais, diplomatas descerebrados, jornalistas analfabetos e tontos de cruzadismos libertadores.

Sem comentários: