07 junho 2012

O sirtaki grego


Como diz a Isabel Metello, eis a marabunta em acção. Acabou o tempo de uma certa ideia de democracia aristocrática. As elites caíram e agora é o poder nu dos punhos, dos copos de água atirados às ventas dos adversários; em suma, o regresso aos tempos de Péricles que levaram a Hélade à guerra civil e ao colapso. Começo a ter alguma simpatia pelas posições de Platão e Aristóteles. 

3 comentários:

JAKE'S BLOG disse...

A culpa é do deputado da extrema-direita.

Isabel Metello disse...

Miguel, ainda ontem, depois de 4 anos de insultos e guerrilhas emocionais ignóbeis em vários suportes, atentando contra a Honra e até segurança da minha Filha e minha, impunemente tratados (com queixas à PJ e tudo, arquivadas pelo MP, quando a do difamador passado, tão conveniente, sistémica e cobardemente a coisa difamada passou pelo crivo, quando tanta gente sabe o que ele difundia e difunde como os outros white hunters e ninguém se predispõs ou predispõe a tirar-lhe(s:) a máscara- não faz mal- tirar-lha(s)-ei eu em sede própria. E qualquer pessoa, com um mínimo de testa e Ética, saberia descortinar a fonte estrutural- tem sido tão coincidente e tão conveniente! Ora, como tal, dizia eu, se não há Justiça que se preze neste país, se não há Educação, há um bom estalo na cara a quem nos ofende e foi avisado para não o repetir- queixem-se! Fiz queixas de situações muito mais graves e ficou toda a gente a assobiar para o alto ou até a participar na anulação social, nem respeitando a Vida de uma Criança. O outro lado tem poder e dinheiro e circula num carro muito caro, mas com o tempo a passar, vai-se desvalorizando (o dinheiro quero-o para ressarcir os meus Pais de avultados valores de quem nunca me defendeu comme il faut, de quem se fez pagar pelo trabalho que fui eu que fiz, para me desgastarem ainda mais...carro que pertence aos bens móveis comuns, estranhamente, não divididos 1 ano e meio depois de decretado o divórcio. A situação é tão imoral que a criatura, sabendo que estou desempregada, pôs a miúda como sua dependente no IRS, quando há guarda conjunta, e quando S. Exa ganha balúrdios. Só isto diz (quase:) tudo...Ora, depois de tudo isto e de todas as humilhações que nos fizeram passar, quem se atrever a pôr a minha Honra em causa com insultos na via pública ou via telemóvel ou noutra plataforma(num evento dançarino, ouvi vezes sem conta a mesma palavra e até algo bem pior que me partiu o coração, desestruturando-me ainda mais- Essa pessoa foi responsabilizada? Não. E a que ameaçou a minha Filha num blog, a tal de Juanna Canaima, pedindo-me desculpas via email de forma patética, para agora se dar como testemunha do difamador que padssou a coisa difamada, quem sempre desestabilizou o Lar da Criança juntamente com o amiguinho e anexos, tratando-nos como meras coisas? Foram responsabilizados? Não. Mas vão ser, de uma forma ou de outra!!! O Direito Inalienável de Legítima Defesa proporcional aos danos causados vai passar a ser exercido e, mesmo assim, só o será na totalidad, caso a Justiça não aja! Nós não somos não pessoas, ainda que venhamos a ser tratadas como tal há muitos anos e toda a gente tem os seus limites! Como tal, passemos à pedagogia!

José Maia disse...

Curiosa a atitude da loira "bloquista" assistindo a toda a cena de mão no queixo e sorriso nos lábios. Talvez pensasse: "já cá cantam mais uns votos".