19 maio 2012

O Império é Você


Um belo texto de Javier Moro. Incómoda para os portugueses, incómoda para os brasileiros, a figura e as errâncias românticas de Dom Pedro de Bragança numa biografia que capta a intensidade, desacertos e frustrações de um homem exaltado e apaixonado. Um homem intuitivo, sofrendo de grandes alterações de humor, educação deficiente e até, talvez, problemas cognitivos - nunca soube escrever correctamente - Dom Pedro é uma mistura de D. Quixote e Don Juan, mas, apaziguemos os nossos rancores caseiros, foi sempre de uma coragem e de uma dignidade notáveis, na vitória como no ocaso. Se o romance histórico já não convence, este é, sem dúvida, uma excepção.


Sem comentários: