21 maio 2012

Espada da liberdade protegendo Elizabeth Regina



O rugir do velho leão britânico em afirmação de poder, num tempo em que no mundo pesam nuvens negras sobre a liberdade. Ontem, uma grande demonstração de força da Royal Air Force, voando sobre a massa compacta do povo britânico rendendo homenagem a sessenta anos de entrega de SM à segurança, liberdade e prosperidade da velha Albion. O único país europeu que venceu a tentação da revolução, e onde não entraram nem o marxismo nem o nazismo, uma vez mais dando lições de fortaleza e confiança no futuro.
Ali não há centenários de república. A monarquia faz-se todos os dias e está bem fundo instalada no coração de um povo orgulhoso. 

2 comentários:

Nuno Castelo-Branco disse...

E mais nada!

José disse...

O Reino Unido é um país tão decadente com qualquer outro na Europa, e submetido à tirania do marxismo cultural, concretizada no terreno prático pelo despotismo do politicamente correcto, como poucos países no mundo. Ora, quanto a tal realidade, a monarquia nada faz, porque, mantendo todo o aparato externo, há muito que se despiu da sua essência.