24 abril 2012

A política como cárcere do espírito



Sócrates, de Rossellini (1970), dos mais bem sucedidos convites à reflexão sobre a tensão entre liberdade e política. A tendência intrinsecamente intolerante existente em qualquer regime, mais importante nos dados da psicologia e da sociologia política que nas justificações ideológicas, é expressa aqui sem evasivas, demonstrando que até os regimes que se proclamam da liberdade transportam o demónio do totalitarismo.

Sem comentários: