18 abril 2012

Exemplo de humildade


As hienas histéricas já pediam a cabeça do Rei. Mas, afinal, o Rei cometeu algum crime? Não, porque infelizmente a caça não é considerada um crime. Há leis que enformam a prática da caça, por mais ilegítima que surja aos olhos das louváveis preocupações ambientalistas. Mutatis mutandis, era como se alguém pusesse em causa o múnus da função de um titular de cargo público por este ser adepto das touradas. As touradas são ilegais? Não.
Ao contrário de certos presidentes, cúmulos de ininmputabilidade civil e verdadeiros agentes de corrupção - daí o facto de alguns se candidatarem a novos mandatos para se furtarem a julgamento e condenação (vide Chirac, vide Sarkozy) - o Rei cometeu, quando muito, uma falta reprovável às crenças e sensibilidade de alguns.
O mais importante na pequena "estória" é que o Rei pediu desculpas, quando não as devia, pois não cometeu falta alguma que pusesse em risco a segurança do Estado. É comovedor e digno de registo este pedido de desculpas. O Rei não se humilhou, mas falou a cada um dos moralões indignados - desses que de dedo em riste estão sempre prontos a exigir, sem nunca darem o exemplo - e sanou a fúria de milhões que sempre votaram em bandidos, ladrões e pulhas e, sabendo-o, os voltaram a eleger para os proteger da mão da justiça.
As monarquias, até nas falhas, são infinitamente superiores às ditas repúblicas.

7 comentários:

Conservador disse...

A horda emotiva, primária de muitos ...merecia uma boa caçada...Claro que errou, e depois? Deitou abaixo contribuintes? Pôs a Nação de mão estendida?

George Sand disse...

O Rei , mais uma vez, a mostrar aquilo que já todos sabíamos: que é um Senhor!

ferreira disse...

Gastar 30 mil euros para caçar elefantes é coisa de somenos, que qualquer espanhol faria com facilidade, claro.

E o facto de ser presidente do World Wildlife Fund for Nature em Espanha também não tem qualquer importância, diria eu.

Nuno Castelo-Branco disse...

E o resto é conversa. Aqui em "nossa casa", nunca alguém nos pediu desculpa pela descolonização, péssima adesão á CEE, roubalheiras descaradas nos BPN, PPP, obras públicas, futebóis, etc, etc.

Lionheart disse...

Senhor ou não, para bem da Espanha e da sua Monarquia, já é hora do Rei Juan Carlos abdicar em favor de seu filho Felipe. São gaffes a mais, a paciência dos espanhóis está por um fio, ainda para mais quando a situação política e social está explosiva e a Monarquia apanha por tabela. Além de que a idade não perdoa. Não vejo porque é um Monarca tem de esperar pela morte, ou pela sua incapacitação, para dar lugar à nova geração. Até seria um exemplo positivo, que a Espanha bem precisa para elevar o moral nesta altura.

Nuno Castelo-Branco disse...

Lionheart, estou de acordo. Para mais, o perfil de D. Filipe, completamente avesso às caricaturas de Goya e sendo formatado pela Rainha Sofia, oferece todas as garantias e mais algumas.

Margarida disse...

Miguel, concordo que foi de Homem 'pedir desculpa'. Que o presidente que temos já fez tanta asneira pela qual, que se saiba, nunca sequer demonstrou arrependimento privado, quanto mais público.
Mas o que Juan Carlos vem fazendo, traindo a Mulher com quem casou e teve filhos (e o Herdeiro da Coroa), bem como esta tremenda insensibilidade para alguém que é (!)da WWF, é muito negativo como exemplo para um povo e para o Mundo...
Ou não?
Caçar?! Abater elefantes e búfalos?!
poramordedeus!...
:(