27 abril 2012

É para isto que servem os cônsules de Portugal ? Para ultrajar Portugal ?



O Cônsul de Portugal em Goa no seu melhor. As imagens não são de ontem; têm um ano, mas expressam a que ponto chegou a nossa diplomacia, entregue a gente absolutamente incapaz de exercer a função, de respeitar e fazer respeitar Portugal. No caso vertente, para além do inglês vão-de-escadas, o conteúdo peçonhento, a miséria da argumentação, a evidente incapacidade mental que justifique um ordenado e um posto. Ouça o leitor com a máxima atenção. A meio da vergonhosa capitulação moral do homenzinho, um telefone que toca. Ouve-se uma conhecida música portuguesa. Pois, o Consulete a espolinhar-se vergonhosamente perante uma plateia que só lá foi, não pelo Aquino de Braganza, que era insignificante na obra e na pessoa, mas por Portugal. O Consulete, esse, não percebeu nada. Até chego a pensar que não o fez por mal. Falta a esta gente preparação básica, cursos intensivos de formação sobre o significado, dimensão e profundidade da presença portuguesa no Oriente. Não é um cursilho de leis que habilita um fulano a representar Portugal. Exige-se, com a máxima urgência, formação de quadros consulares e diplomáticos que evitem situações destas.
Se eu fosse o Ministro, mandava-o para Lisboa - não de avião - mas no primeiro cargueiro que passasse por Goa. São coisas destas que explicam, afinal, o insucesso da nossa diplomacia. Há que fazer uma grande reforma nas Necessidades.

6 comentários:

Nelson Mendes disse...

VERGONHOSO!

José disse...

E uma caricatura.

José disse...

No Consulado de Goa sucedem coisas estranhas -

http://portugalglobal.blogspot.pt/2011/11/eram-15h52-quando-o-jovem-que-se-ve.html

http://www.lawrei.eu/mranewsletter/?p=4751

Ignoro se o ocorrido se deu com o mesmo cônsul, mas fica a chamada de atenção.

Nuno Castelo-Branco disse...

Este país anda há demasiado tempo em "novas oportunidades". O dr. Paulo Portas que tome boa nota e aja como pode e deve.

Pedro Marcos disse...

Diria que é um socialista, nomeado em 2010:

http://aquinobraganca.wordpress.com/tag/goa/

Dr. António José Marques Sabido Costa, the new Consul-General of Portugal in Goa, was speaking in the context of the launch of a book on Aquino de Braganca, a Goan who played a prominent role in the liberation struggle of Mozambique and a string of other African countries.

Speaking in Panjim late Saturday evening, the Consul-General said “As a Portuguese, I’m also indebted to him in a different way. It was persons like Aquino Braganca, who helped the Portuguese society to understand better all the wrongdoings we were doing in certain countries, and he helped us realise that we needed to change our official policy and fight for a democracy ourselves.”

Mais outro traidor cuja cabeça desejo ver espetada num poste. Que se registe o nome.

Combustões disse...

Pedro Marcos
Como sabe, neste blogue não se cultiva o ódio contra nada, nem se fazem campanhas ad hominem. Contudo, no caso vertente, acho que o Cônsul Sabido da Costa foi absolutamente infeliz. e devia ser substituído por tão grande demonstração de imperícia. Faz falta formação nas Necessidades. Essa gente é enviada para postos para os quais não tem preparação histórica, cultural e literária. É o que dá !