06 abril 2012

Coisas abracadabrantes


Para reforçar o "policiamento de proximidade", algum portento teve a brilhante ideia de mandar entrar a polícia espanhola em Lisboa e Braga, com o intuito de proporcionar aos turistas espanhóis melhor estadia em Portugal. Lá apareceu, com o brilhozinho tonto nos olhos, dando largas aos "afectos portugueses", um eufórico porta-voz da nossa segurança pública cantando loas à colaboração entre as duas polícias. Sei que isto não é intencional. É produto da estupidez, mas não só. Os espanhóis estão cá e sabem pelo que vêm. Os portugueses fazem-no por que não sabem. Tenho a certeza que a conspiração de estúpidos terá por responsável um desses meninos feitos micro-estadistas que em visita a Espanha, depois de uma boa garrafada de Fernando de Castilla, assinou de cruz tamanha estultice. Mas será apenas patetice? No ano em que o governo aboliu o feriado do 1º de Dezembro ?

4 comentários:

Kruzes Kanhoto disse...

Todos os fins de semana Badajoz está cheio de portugueses - são aos milhares os que vão abastecer as viaturas, às compras, ao médico ou simplesmente passear - e nunca por lá vi nenhum policia português. Só se andam à paisana...

Logradouro disse...

Estas factos que se vão insinuando, vão acontecendo, causam estranheza... no entanto, a vida também vai decorrendo... até que um dia, deparamo-nos com situações que nos horrorizam mas que, no entanto, fomos deixando acontecer... tem havido muito disso na última década.

Luis disse...

Não há perigo. A Espanha não nos quer.

Pedro Leite Ribeiro disse...

Coisa banal como se pode perceber aqui:
http://www.diariovasco.com/agencias/20120404/policias-portugueses-franceses-patrullan-espana_201204041801.html
Apenas uma experiência de intercâmbio que decorre em vários países da UE.
Votos de uma Santa Páscoa!