30 janeiro 2012

Relações entre Portugal e a Tailândia: os três vectores da relação



Visita de estudo à exposição Das Partes do Sião, patente ao público na Biblioteca Nacional de Portugal até finais de Fevereiro. Tem sido grande o interesse do público, expresso pelas centenas de pessoas que a ela têm acorrido. As imagens aqui apresentadas foram gravadas no sábado passado e coube-me, por ausência do Professor António Vasconcelos de Saldanha, fazer de cicerone. Amanhã: a conquista de Malaca e os primeiros contactos com os siameses.

1 comentário:

Pedro Leite Ribeiro disse...

Boa lição! Parece-me que ainda terei a sorte de visitar a exposição se se mantiver por alturas do Carnaval. Espero ir com as minhas filhas. Outra coisa que espero fazer, em Lisboa, é deixar duas flores junto às marcas das balas disparadas contra D. Carlos e D. Luís Filipe. Soube há pouco tempo que estão, cimentadas mas visíveis, no 13.º pilar do Terreiro do Paço.