26 janeiro 2012

O pobre pastor que foi imperador e logo 13º Apóstolo



A fascinante e terrível vida do pobre pastor da savana que foi sargento e herói do exército colonial francês, logo presidente vitalício e imperador auto-proclamado do Império Centro-Africano - depois condenado à morte por canibalismo, com pena comutada para prisão perpétua - e que terminou a vida anunciando-se o 13º apóstolo. De lado, sem o exótico, os diamantes que alimentaram a camarilha Giscard, a hipocrisia dos comensais europeus aspirando por uma esmola reluzente e a interesseira cegueira de quem alimentou, estimulou e benzeu uma loucura digna do melhor Conrad.

Sem comentários: