27 novembro 2011

No dia 7, na Biblioteca Nacional: convite


É já no próximo dia 7 de Dezembro, pelas 18 horas - com danças e comidas tailandesas - que terá lugar o acto público por ocasião da inauguração da exposição Das Partes do Sião, momento alto em Lisboa das celebrações dos 500 anos de relações entre Portugal e a Tailândia. Ocasião única para seguir a trajectória das relações entre os dois países nos mais de cem documentos expostos - das cartas de Albuquerque ao Atlas de Fernão Vaz Dourado, dos tratados e convenções à literatura e à fotografia - para a exposição foi concebido catálogo ilustrado com 130 páginas, precedido por estudos.
Comissariada pelo Professor António Vasconcelos de Saldanha, coadjuvado por mim, Das Partes do Sião nasce da reunião de esforços entre a Biblioteca Nacional de Portugal e o Instituto do Oriente da Universidade Técnica de Lisboa, merecendo precioso apoio do MNE e de relevantes instituições (Sociedade de Geografia, Arquivo Histórico Ultramarino, Torre do Tombo, Brotéria, Biblioteca da Ajuda, Biblioteca Nacional de França, Arquivo de Macau, Arquivo Histórico do MNE). A vida faz-se caminhando. Não parar, nunca.
Estão, pois, os leitores e amigos deste blogue convidados para o evento.

2 comentários:

Pedro Leite Ribeiro disse...

Ora muito obrigado pelo convite! Como a minha vida em Braga não me permite estar no dia 7 em Lisboa, pelo que vou perder as danças e as comidas, será possível saber até quando irá permanecer a exposição?

Nuno Castelo-Branco disse...

Os galináceos do costume, já andam todos cheios de vento a "indignar-se" contra a lesa-majestade na Tailândia. Até a delegação da "Europa" em bangkok se meteu ao barulho, não contente com a derrota do ano passado. Bem podiam preocupar-se com as "liberdades e profícuos métodos" do colega de negócios, o Sr. Putin. Que gente...