29 junho 2011

"O Samora está quase a cair"

A minha bisavó, logo a partir ao 25 de Junho de 1975 - não o dia da independência de Moçambique, mas da entrega de Moçambique à FRELIMO - passou a dizer-me do Samora: “está quase a cair”. Passaram anos, longos e penosos até que caiu mesmo, aos trambolhões das núvens. A velha senhora ficou entre nós até aos noventa e muitos e não se deixou levar pela Parca enquanto não comesse a doce cereja da sua inofensiva revanche. Hoje passou-se o mesmo com certa figura. A nora a que aludia D. Francisco Manuel de Melo é assim: quando um dos alcatruzes está por terra, o contrapeso está no cimo e vice versa. Só os patetas de tal não se apercebem !

2 comentários:

Isabel Metello disse...

Permita-me qualificar, Miguel, a Senhora Sua Avó como uma Autêntica Sábia, Miguel que, deveras, sabia que "A Justiça Divina Tarda, mas não Falha", ainda que a humana tarde, falhe e, quantas vezes, vangloria os agressores...uma Alma do Bem não suja as mãos com a vingança, pois sabe que Deus É que Dá As Lições necessárias a quem de direito, mesmo que passem décadas- a Senhora Sua Avó sabia que a Paciência É uma Ciência...até porque a vingança é um prato que se serve frio e se engole a ferver, mas face às atrocidades praticadas quem verteria uma lágrima pela criatura? Eu não...reservo o meu saco lacrimal para os Inocentes que sofrem na pele o despotismo dos outros...

O Gajo Tá Vivo Mas Nã Se Meche disse...

exagero....

não há justiça nem injustiça divina

nem pequenas grandes alimárias

O Funcionalismo é apenas o microcosmo do país


dos seus chefes e daqueles que deviam servir


e em Portugal ninguém quer servir


quer ser servido


alguns nem serviço têm apenas sevico.....


os outros deixem o seu sevico para serem servidos.

blog for morons to see and morons to watch
donderdag 30 juni 2011
PORTUGAL A PRETO E BRANCO E EM TONS DE CINZA
NÃO TEMOS NA REALIDADE GRANDES HOMENS EM PORTUGAL

APENAS HOMENS MUITO PEQUENINOS QUE INCHAM

COM OS ELOGIOS DA VÉRMINA QUE OS MANTEM NO PHODER

hOMENS com "h" grande ... E HOMENS A QUEM PÕEM O H EM pEQUENO

HOMENS QUE SÃO IMBECIS E FALSÁRIOS QUE CONSTROEM MITOS DA SUA GRANDEZA

E HOMENS QUE DEPOIS DE MORTOS SE AGIGANTAM

Não há grande política

só pequeninos homens que se julgam grandes

QUE ESBULHAM A NAÇÃO PORQUE SÃO GRANDES

E GRANDES SÃO SUAS ÂNSIAS

E MEDOS DE SEREM TOMADOS POR PEQUENOS


pequenino portugal que não pode suportar TAMANHOS HOMENS

e iludidos que cantam loas aos salvadores verdugos
pEQUENINOS DE portugal

e Grandes de Espanha