24 junho 2011

A ditadura do hórrido



Louis-Alexander Désiré, um miúdo cheio de talento que se revelou há dois anos, viu as suas esperanças espezinhadas por um desses júris semi-letrados que impõem a ditadura do hórrido. Argumentando ser "barroco" e "reaccionário", puseram-no fora, não sem antes o rapaz lhes dizer o que pensava da França de hoje. Ver em Le Chardon Ardent.

1 comentário:

Carlos Velasco disse...

Caro Miguel,

Fizeram bem em expulsar o rapaz do programa. Querer levar a alta cultura para as massas é ingratidão para com o "beautiful people" esquerdista, que vive da estupidez alheia.
O que eles querem é isso aqui:

http://sorisomail.com/videos-comicos/162826.html

Um abraço.

P.S: Lula, o Apedeuta, Honoris Causa pela pseudo-Coimbra, assinou há tempos uma lei que criou o projecto "Funk na Escola".