23 janeiro 2011

53,38% contra o regime. O resto são chinoiseries !

6 comentários:

Nova Casa Portuguesa disse...

Fizessem todos a mesma leitura...

nunokyoto disse...

Pois, ganhou a Abstenção, e logo à primeira volta.

Mas na prática vamos ter um chefe de estado, por 5 anos, escolhido por 23,16% dos portugueses (2 230 104 votos, de um universo de 9 629 630).

Podia ser pior.

Paulo Selão disse...

...o resto são cantigas ou como dizem os brasileiros, «canção prá boi dormir»

Nuno Castelo-Branco disse...

Foi o frio, o sol de inverno, o "cartão único", a "espandilose", a "úrsula estomacal", a "al-morródia", o "alcoolismo invertebrado"! Quem poderia ter votado com condições tão adversas?!

scheeko™ disse...

Acho que é um abuso injustificado extrapolar que o a abstenção é contra o regime.

O descontentamento pode ser apenas com os intervenientes. Serão eles uma parte integrante do sistema? Sim, sem dúvida, mas tivéramos estadistas de facto, será que o regime seria tão detestado assim?

Nuno Castelo-Branco disse...

Caro Scheeko, os intervenientes são o regime!