25 outubro 2010

Tempos de fausto

O Cortejo Histórico de Lisboa (1947) from Gonçalo Ramos on Vimeo.

4 comentários:

Nuno Castelo-Branco disse...

Hoje seria impossível fazer uma coisa destas. Não por falta de dinheiro, ou de figurantes. Não. O problema está na mentalidade destrutiva desta gente que manda, sempre pronta a amesquinhar aqueles que nem nos seus sonhos mais loucos, conseguiriam sequer chegar à unha negra do pé esquerdo. Como bem dizes, o nome do país pode ser o mesmo, mas não é aquele país que um dia se chamou Portugal. Hoje, não passa de "república portuguesa". Uma coisa urge liquidar, para o sossego de 10 milhões.

Carlos disse...

Nem mais, Caro Nuno.

Saudações monárquicas.

Gonçalo R. disse...

Caro Miguel,
Obrigado pela partilha e pela referência, pela mão daquela que é para mim, a melhor pena da blogoesfera escrita em Português.
Aguardo com expectativa a publicação resultante das pesquisas que tem desenvolvido nos últimos anos acerca da relação entre Portugal e o Sião.
Um abraço, até terras do Oriente.
Gonçalo Ramos Ferreira

Nova Casa Portuguesa disse...

Este vídeo faz-nos despertar a saudade do futuro. Um futuro em que poderemos voltar novamente a ser portugueses, sem restrições ou castrações.