24 outubro 2010

É o mar meus senhores


Abriria mão dessas brilhantes tradições recentes do futebol, da gravatinha pequeno-burguesa e das gestões se o mar voltasse a ser o destino nacional. Sem o mar, nunca teríamos sido; sem o mar, a Europa dos bantustões e das microgeografias, das guerras por 2x5 km2 e dos campanários sem horizonte ter-nos-ia atraído para o destino dos povos insignificantes e não teríamos sido mais que austurianos, leoneses ou galegos. Foi o liberalismo caseiro, com a tentação da lojeca, da caixa segura e da vida quieta -a ambição da burguesia - que nos encheu de pavor pelo mar. Antes, havia portugueses por todos os mares, servindo sob todas as bandeiras, arando e ultrapassando oceanos. Depois, desapareceu o mar, acabaram os pescadores, os marinheiros, as redes e os batéis e Portugal passou a ser império sem marinha, antes de ser ponta rochosa de um continente fechado à aventura, ao risco e ao trágico. Submarinos ? Só dois ? Devíamos ter 10. Com a quase certeza do retorno do mar - logo que a Europa se finar e o Brasil nos estender a mão - há que explicar aos portugueses que Portugal (isto é, Madeira, Açores, Cabo Verde, S. Tomé, o Brasil e Timor) só poderá ser se for 8 partes de água, uma de sofrimento e outra de aventura.

6 comentários:

Nuno Castelo-Branco disse...

Miguel, há 30 anos éramos uns miúdos e já isso dizíamos a gente da "alta" que podia e mandava. Riam-se de nós, os pobres pategos! Até na faculdade...

Pedro Leite Ribeiro disse...

Talvez uma das acções mais importantes da nossa Grande História esteja em vias de concretização, o alargamento da nossa plataforma continental. Se o projecto for aprovado na ONU, Portugal poderá ficar com a 2ª maior plataforma do mundo, a seguir aos EUA.

http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1542631

http://www.meteopt.com/forum/sismologia-vulcanismo/portugal-cresceu-extensao-da-plataforma-continental-1255.html

http://www.dailymotion.com/video/x3rnyq_alargamento-da-plataforma-continent_news

http://www.oje.pt/noticias/nacional/extensao-da-plataforma-continental-e-tao-importante-como-os-descobrimentos-diz-mira-gomes

http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Estado-comprou-robot-para-explorar-zona-maritima-portuguesa.rtp&headline=20&visual=9&tm=8&article=174402

Carlos Velasco disse...

Caro Miguel,

Ainda bem que essa realidade tão óbvia para quem gosta de olhar para os mapas começa a ser melhor conhecida.
Esses burocratas do "empreendedorismo", tão cheios de soluções para vender a "marca Portugal", nunca pensaram na riqueza que a Noruega atingiu graças à exploração directa do seu mar, ou que a Dinamarca adquiriu graças à poderosas empresas de navegação e de serviços portuários, como a Maersk.
Quanto aos submarinos, vou ainda mais longe; convencionais? Querem choque tecnológico, que se construa uma frota nuclear!

Um abraço.

de.puta.madre disse...

Nuno Y Miguel ... Desculpe-me lá ... Mas eu sou pelos transatlânticos à Onassis!

Gi disse...

Completamente de acordo, Miguel. É no mar que está, se estiver em algum lado, a solução para Portugal.

marsanto disse...

até o PR já descobriu que afinal temos mar!!!