04 agosto 2010

5 anos de Combustões


1825 dias, 2307 mensagens, 466.000 visitas. A divisa ficou: aqui nunca se disse mal de Portugal, não se fez lóbi, nunca se proferiu um palavrão, um insulto pessoal, não se espalhou boatos, rumores e intrigas, não se agitaram bandeiras de partidos nem se espalhou boa nova alguma. Fazer um blogue, alimentá-lo, perseverar, abordar temas que não reproduzem o jornalismo e a conta-corrente da politiquice exige um grande esforço mas, sobretudo, um grande prazer de partilha. Autista q.b. em relação a tudo o que me fez abandonar o país, mas sempre fiel a uma ideia de Portugal que teima em reclamar a luz num tempo de trevas e de conspiração da idiotia, Combustões tentou ser alfarrábio, gazeta, álbum de memórias, caderno de apontamentos, sebenta. Não é muito nem pouco. Foi o caminho que escolhi. Tchin tchin !


Debussy: De l'aube à midi sur la mer

26 comentários:

Câmara disse...

Muitos parabéns a este excelente blog, que permite olhar para o Sudeste Asiático sem o filtro dos "sistemas"

JNAS disse...

...
Daqui do outro lado do Atlântico, nos Açores, junto-me à celebração brindando com um cálice do verdelho dos czares. Longa vida ao Combustões que é um prazer diário.
Parabéns
JNAS
www.ilhas.blogspot.com

txticulos disse...

Tem sido um exercício que muito tenho gostado de seguir. Continue assim. Muitos parabéns!

NanBanJin disse...

Grandes Parabéns.
Que a Chama se mantenha alta!

NBJ

M Isabel G disse...

Cumprimentos ao blog irmão:)

Tchin Tchin

Manuel Brás disse...

Caro Miguel,
As minhas felicitações por...

Essa vontade de partilhar
de forma tão intelectiva,
faz este espaço fervilhar
de harmonia efectiva.

Abraço

Carlos Velasco disse...

Caro Miguel,

Estes cinco anos valem por cinco séculos de história.

Saudações bandeirantes,

Carlos Velasco

João Melo disse...

keep on bloging!!abraço!!

Euro-Ultramarino disse...

Parabéns Caro Miguel. E como, de certa forma, comparto o seu "autismo", espero que mantenha sempre viva a imagem do nosso Portugal de sempre.
Saudações desde a Rainha do Prata, rio em cuja água salgada há muitas lágrimas Portugal.

cristina ribeiro disse...

Parabéns, Miguel.

Paul disse...

Félicitations pour ces cinq bougies… Que leur flamme ne s’éteigne jamais… Que leur lumière se propage encore et toujours plus loin, plus fort…

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Muitos parabéns. Passo por aqui sempre em silêncio, mas hoje não podia deixar de brindar.

Gi disse...

Parabéns, Miguel. Sigo o Combustões há vários anos, nem sempre concordo com o que aqui escreve, mas a maior parte das vezes ganho com a visita, quer conhecimentos sobre a história das relações de Portugal com o Extremo Oriente, quer simplesmente uma perspectiva muito válida sobre acontecimentos presentes e passados.
Felicidades!

joshua disse...

Eu tenho orgulho no teu blogue, Miguel. Por todas as razões que invocas, pelas mansas características que elencas de uma firme e estudiosa serenidade, mas sobretudo pela esperança implícita que alimentas e alimentamos de devolver Portugal à plenitude de si mesmo. Devo-te essa esperança nova.

Abraço e sinceros parabéns.

Samuel de Paiva Pires disse...

Muitos parabéns, caro Miguel! Um forte abraço!

Rogério disse...

Sou um visitante quase diário do seu blogue. É um prazer enorme visitar este blog por variadíssimas razões, mas a principal é a história, pois é uma área que me fascina imenso.
Parabéns pelo 5º aniversário e espero sinceramente que por cá continue.
Abraço de Freamunde, Portugal!

João Pedro disse...

Os meus prabéns atrasados ao Combustões, Miguel, e que esta excelente página, sempre interessante e bem escrita, dure mais uns quinquénios

Bic Laranja disse...

Peço desculpa pelo atraso. Sinceros Parabéns! É sempre um grato prazer lê-lo. É reconfortante alimentar aqui essa ideia de Portugal que este desalentado tempo teima cada dia em esfumar.
Muitos parabéns!

Maria disse...

Só ontem, acabada de chegar aqui, reparei que está de parabéns. Tentei enviar-lhe um comentário alusivo à feliz data, mas por qualquer motivo não entrou na caixa. Não interessa, segue hoje e ainda vai muito a tempo. Parabéns dão-se sempre.
Pelos 5 anos acabados de fazer; pelos magníficos textos fruto de profunda investigação; e pela escrita apurada num impecável "português de Portugal", merece triplos parabéns e desejos de muitos anos de blogosfera.
Maria

BOS disse...

Parabéns, Miguel! E venham mais cinco.

DL disse...

Parabéns Miguel :) Sigo-o praticamente desde o principio.

Justiniano disse...

Parabéns e continuação de bons textos!!

João Amorim disse...

Muitos parabéns Miguel. Quantos livros dariam a sua prosa?

abraço
João

adsensum disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
adsensum disse...

Miguel, atraso-me a felicitá-lo mas como está de parabéns todos os dias atrevo-me a dizer que esta demora não é grave.
Por vezes em si menor - sombrio mas enérgico, à imagem da peça de Debussy que acompanha o tchim tchim de hoje. Outras vezes, dado "o tempo de trevas", em fá menor. Mas - apesar das modulações - a tonalidade característica é sempre sempre em mi maior!

PEDRO QUARTIN GRAÇA disse...

Parabéns...atrasados!

Abraço,

Pedro QG