19 junho 2010

O cabo dos trabalhos

Um curto esclarecimento aos leitores e amigos desta tribuna, que era diária, mas sofreu interrupção motivada por obrigações inadiáveis. Estando a redigir uma tese que terá de ser entregue impreterivelmente até Dezembro e obrigado a uma deslocação aos arquivos europeus onde se guarda a memória dos cinco séculos de relações entre Portugal e a Tailândia, vi-me privado de computador, pelo que só hoje posso agradecer a todos quantos se me dirigiram para saber do meu paradeiro. Não, Combustões não se finou. Sofreu, tão só, com a falta de tecnologia e falta de tempo. Prometo voltar amanhã ao convívio dos meus amigos.

1 comentário:

adsensum disse...

Ah... bom! Está explicado o silêncio invulgar.