23 maio 2010

Grand nettoyage

Banguecoque, hoje de manhã. Uma grande multidão, composta essencialmente por jovens armados de vassoras e sacos de lixo, invadiu Silom e o Parque Lumpini para a Operação Grande Limpeza. Uma grande festa da libertação e recobro da unidade nacional em torno do Rei e da Democracia, lembrando aos inimigos da liberdade que a cidadania não se subjuga pelas armas, não se rende ante as bombas e defende-se pela acção. "Não haverá comunismo", "não haverá plutocracia", aqui o dissemos no primeiro dia da crise, quando tudo indicava - pelo menos aos olhos da "esclarecida" opinião internacional, que forçava "reconciliação" e o "diálogo" com os criminosos - que o regime e o sistema se encontravam nas vascas da agonia. Hoje, pelas mãos purificadoras desta multidão de jovens, o comunismo e a plutocracia levaram uma inesquecível barrela. O meu amigo Professor Galan lá esteve e deixou-nos as esclarecedoras imagens. Palavras para quê ?









Rak Chart (Amar a Pátria)

Sem comentários: