14 maio 2010

Cruzador de linha abandona combate

Veera Musikapong (lê-se uí-rá muss[]kapóng), um dos mais destacados líderes subversivos, acusado por crimes de lesa-majestade, conspiração terrorista e associação criminosa, abandonou o campo vermelho e encontra-se a monte. Do meu baralho de cartas de notabilidades só sobram duas figuras. A Nemésis bate à porta de quem semeou ventos e colhe tempestades.
O meu astrólogo diz-me que hoje será conhecida a sorte de mais uma das figuras de cartaz do Circo Vermelho.

1 comentário:

Nuno Castelo-Branco disse...

Ah... que estranho, Primeiro foi uma tal "Cátia" e agora é uma "Vera" que gosta de Musika(pat)pong. Mas que rebaldaria vai pelo acampamento estalinista!