16 maio 2010

Banguecoque da minha janela

11.18 horas da manhã, domingo cinzento e tiroteio generalizado. Já não há diálogo. Chegou a vez de Marte falar. O exército que arrume a casa e defenda os cidadãos. Estou certo que o fará.

Sem comentários: