12 março 2010

Muralha verde em defesa do Rei e da democracia

Recebi um telefonema de Lisboa. "Há problemas ? Parece que as coisas estão delicadas. Tem cuidado, não saias de casa". Para sossegar e precaver o alarmismo da comunicação social e dos fazedores de factos, aqui fica a informação: reina a paz em Bangkok, o trono está de pedra e cal e o povo unido em torno do Rei. Aconteça o que acontecer, a plutocracia, agora com adamanes de marxismo e polvilhos de "causas justas", não passará. O exército não permitirá que os problemas financeiros de um homem fugido à justiça se sobreponham ao interesse nacional. Hoje, há uma muralha verde em torno da Monarquia e da democracia. Doa a quem doer, o facto é que aqui não vai haver o triunfo da rua, nem PREC, nem assalto ao poder pelo dinheiro disfarçado de assistente social.


ธงไชยเฉลิมพล (Marcha da Guarda Real)


Song Phra Charoen = "Viva o Rei"

1 comentário:

Nuno Castelo-Branco disse...

Os jornais como o Público, não escrevem uma linha. Bom sinal: isso quer dizer que no Sião, "os amiguinhos à Murdoch" não têm qualquer hipótese.