12 março 2010

Lumpen vermelho tenta invadir Bangkok



As fotos são reveladoras do conceito e uso que do poder popular fazem os seguidores do multimilionário ex-primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, há uma semana inculpado dos maiores atropelos e práticas lesivas do património público. Thaksin viu expropriados milhares de milhões por decisão do tribunal competente e lançou uma campanha - quiçá a derradeira - de desestabilização, prometendo para este fim de semana grandes protestos em Banguecoque. Hoje, porém, não me foi possível detectar na capital quaisquer ajuntamentos dignos de nota. Os que compareceram são, indiscutivelmente, o melhor repelente.


Práticas democráticas das milícias vermelhas que convergem para Banguecoque. A vítima limitara-se a pedir que não proferissem obscenidades contra o primeiro-ministro. A Tailândia a mergulhar no caos vermelho.

Sem comentários: