20 janeiro 2010

Os blogues colectivos


Confesso sentir alguma curiosidade sobre o funcionamento dos blogues de autoria colectiva. Sei que só consigo trabalhar em hierarquia - saber quem manda e a quem devo reportar, saber quem são os meus iguais e saber quem de mim depende - pelo que os colectivismos me apavoram e enchem de inibições. Eu decerto ficaria de fora numa estrutura desse tipo, pois não tomaria a iniciativa de "postar" em cima de um texto mais elaborado, produto de horas de reflexão e escrita, como ficaria revoltado se, cinco minutos após colocar um texto, alguém o cobrisse com uma coisa retirada do Youtube ou uma anódina fotografia de bolinhos, ramos de flores ou o Rato Mickey.
Nunca me adaptei a estruturas informais e multicéfalas; daí a minha curiosidade.

2 comentários:

Pedro Barbosa Pinto disse...

Assim de repente, vejo várias razões:

1º - Há muito quem precise de colinho.

2º - Na molhada todo o cobarde pode aproveitar para "molhar a sopa".

3º - A necessidade de promover blogues pessoais.

4º - You scratch my back and I'll scratch yours

4º - Há que ultrapassar o ABRUPTO nos "blog rankings"

M Isabel G disse...

Miguel
fazemos um blog os dois e assim já temos um blog colectivo.
O pior são os jantares.... a distância é grande:)