18 setembro 2009

Apsaras

Em pleno jardim da Universidade de Chulalongkorn. Rosamunde, de Schubert. Figuras esguias em plena luz volteando. Depois, o envergonhado riso de uma das Apsara.
Miguel Castelo Branco

Rosamunde (Schubert)

2 comentários:

Stalker disse...

Precisava de ler algo de substancial sobre as Apsaras. Será que me pode aconselhar algo? Obrigado.

Combustões disse...

Stalker
Recomendo o clássico estudo de Victor Groslier (Royal Dancers of Cambodia)ou, de Denise Heywood, o belíssimo albúm Cambodian Dance.