11 agosto 2009

Viva o 31 da Armada


O 31 da Armada está de parabéns. É o que se chama Propaganda pelo Facto, mas esta não se fez - como mandava a ética republicana, de revólver e de bombas - mas de azul e branco. A república é coisa para passar e para esquecer. Dêem-nos liberdade de expressão e não há censura, nem irreversibilidade constitucional, nem patetice alvar que nos impedirá de vencer o tal referendo que "eles" há 100 anos querem evitar.

2 comentários:

Nuno Castelo-Branco disse...

A banditagem alega com ilegalidades e crime? E logo a CML que usa e abusa da ilegalidade, desde suspender o PDM, demolir meia cidade, contentorizar Alcântara, etc, etc.

Francisco disse...

Por mim, preferia não a bandeira azul e branca, mas a bandeira apenas branca. Mera questão de estética, obviamente...