31 julho 2009

Real Associação de Lisboa


Um blogue a consultar. Entre a Espanha e o desastre só sobrevive uma ideia de unidade e liberdade.


Hino Nacional

4 comentários:

Maria Menezes disse...

Gostei muito do painel de anúncio da Real Associação de Lisboa e sobretudo o textozinho que acompanha...
Tomei a liberdade de copiar para o blogue Família Real Portuguesa.

Saudações Monárquicas e VIVA O REI!

Carlos disse...

Num final de ciclo, em que a Pátria é ameaçada, não só por todos os lados como também - e principalmente - internamente, em que se constata sem sombra de dúvidas o facto da república não poder, nem querer, construir algo de bom, mas apenas acabar de destruir o que levou séculos a edificar, o repor da Monarquia é uma necessidade premente e absoluta.

Que a Pátria deixe muito em breve de ser uma república - dominada naturalmente pelos interesses mais baixos e vis - e volte a ser aquilo para a qual foi sempre talhada: um Reino, independente e orgulhoso do seu passado e forte no seu futuro. Sem traições nem manipulações vis e mesquinhas de mentirosos, corruptos e demais Miguéis de Vasconcellos, que já falam na máxima traição, a de entregar de mão beijada a Pátria ao estrangeiro, ao seu inimigo histórico, na continuação da vergonhosa entrega das Províncias Ultramarinas.

Fala-se de crise, de quem escolher. A resposta é muito simples. Temos um Rei. Basta coroá-lo e colocá-lo no Trono, que desde há um século que está vazio, esvaziando assim a Alma de Portugal.

Depois, é apenas questão de alterar por completo a Constituição, a legislação aberrante em vigor, e voltar a reunir as Cortes, sem partidos (pois estes apenas existem para servir os interesses de clientelas ávidas) mas com representantes de todo o Reino, de todas as suas Regiões, Classes, Profissões e Ofícios, e assim voltar a erguer Portugal.

Viva o Reino de Portugal!

Viva o Rei!

Saudações Monárquicas.

Carlos Portugal

João Távora disse...

Gratos pela simpática referencia, caríssimo Miguel. Não deixe também de visitar o novo site http://www.reallisboa.pt/, que pretendemos se torne num eficaz instrumento de congregação e doutrinação. Forte abraço;

João Mattos e Silva disse...

Caro Miguel, junto a minha voz à do João Távora para agradecer em nome da Real Associação de Lisboa a referência ao nosso site.Um abraço