16 junho 2009

Tailândia inicia celebrações da chegada dos Portugueses

Teve hoje lugar na embaixada de Portugal em Banguecoque um jantar de boas-vindas a uma delegação de jornalistas portugueses convidados pelo governo tailandês no quadro de iniciativas preparatórias de sensibilização visando a celebração dos 500 anos da chegada dos portugueses ao antigo reino do Sião. A Visão, o Diário de Notícias, a TVI e a Agência Lusa percorrerão nos próximos dias os locais marcantes na longa história dessas relações, oportunidade única para conhecer in loco o património arqueológico, museológico e outras marcas profundas que Portugal aqui deixou.
Para além dos profissionais da comunicação social, acudiram ao convite do Embaixador Faria e Maya altos funcionários do MNE tailandês, jornalistas tailandeses, a representação da comunidade luso-descendente e o director da mais cotada revista cultural tailandesa, o historiador Krairoek Nana.

À comunidade portuguesa vivendo em Banguecoque foi pedida colaboração na prestação de depoimentos sobre experiências quotidianas de vida na Tailândia, bem como breves comentários sobre o espírito das celebrações de 2011. Como historiador, foi-me solicitada uma curta entrevista para a TVI, no decurso da qual tentei sintetizar a importância desta relação única nos anais da história diplomática mundial.

Parece que, finalmente, os tailandeses estão a dar os passos decisivos na convocação das melhores inteligências e boas vontades para a realização de um intenso programa que integrará exposições, séries documentais, traduções de testemunhos portugueses, simpósios e outros actos de natureza académica, protocolar e social.

1 comentário:

Nuno Castelo-Branco disse...

A comida era portuguesa?