04 março 2009

Também acredito no futuro


5 comentários:

manuel gouveia disse...

Dizem que o país de renovou com a instauração da República... pergunto o que será renovar o país? O simplex do Sócrates?

Isa from Aveiro disse...

Oxalá que sim, porque a "nossa decadência" já perdura e satura! Reinvente-se o português capaz de fazer do impossivel possivel!

Helena Branco disse...

Precisamos comer cultura e arregaçar os punhos...diz bem
Obrigada pela lufada de Esperança

Sendo já de uma colheita muito anterior á sua, alegra-me saber de
pessoas tão interessadas na interioridade e no saber!

cristina ribeiro disse...

A verdade é que isso já aconteceu tantas vezes no passado, crises enormes, e tudo Portugal ultrapassou: pode parecer-nos uma miragem ( pudera! ) mas não desanimemos ( às vezes desanimamos, mas não somos de ferro, não é?).

LUIS BARATA disse...

Afinal de contas, como a Cristina bem salienta, já tivemos momentos bem apertados- lembram-se certamente dos tempos em que cá vinham as delegações do FMI, com a Sra.Ter-Minassian à cabeça, ajudar a salvar o rectângulo, bem como dos impostos extraordinários e até retroactivos!