30 março 2009

Loucas correrias em Tuk Tuk


Não há turista farang que não se sinta tentado a uma corrida infrene pelas engarrafadas, poluídas e ruidosas avenidas de Banguecoque a bordo de um Tuk Tuk. Estes táeksi (táxis), barulhentas lambretas triciclo carregando às costas um banco para três passageiros, encimado por um dossel* de lona, são os descendentes dos velhos rickshaw chineses de tracção humana e dos cyclopousse que os franceses espalharam na sua Indochina. O Tuk Tuk está presente em todas as grandes cidades do sudeste-asiático, Índia e Sri Lanka e dá emprego a uma multidão de ousados e agressivos caçadores de clientes que seguem os peões, apitando, batendo palmas, emitindo silvos com a língua com eles estabelecendo o preço da corrida. Depois de acertada a tarifa - e porque tempo é dinheiro - exibem-se em loucas fintas, ultrapassagens, arranques e travagens bruscas. Confesso que me sinto voltar ao tempo dos meus sete ou oito anos em que a Montanha Russa e o "Pastel" rotativo do parque de diversões de Lourenço Marques me deixavam de pernas bambas e estômago enrolado. Uma correria de Tuk Tuk é um desafio e um excelente segregador de adrenalina. A sensação chega a ser tão forte que até o Bond, James Bond, a uma destas loucas máquinetas recorreu numa das suas fitas.


Dickie McBride & The Village Boys:Tulsa Twist (193-)

* A Sandra Figueiredo, sempre atenta, corrige certeiramente que dossel não se pode grafar "docel". Contudo, pontapeando a etimologia, dossel surge indistintamente "docel" e "dossel" em autores cuja probidade literária merece respeito. Os brasileiros escrevem "docel" - vide Constallat - e até o nosso Junqueiro cai no erro nos seus Contos para a Infância.

3 comentários:

adsensum disse...

Que emoção!

Nuno Castelo-Branco disse...

Sempre adorei andar de tuk-tuk, até porque os condutores são verdadeiros génios na condução. Contudo, o tráfego caótico de Bangkok, levou-me cada vez mais, a recorrer aos "motossai", quero dizer, aos taxi-mota. Em minutos transportam-nos seja onde for. rápido, barato, emocionante e pouco seguro. Gosto assim.

Combustões disse...

Adesum
A correcção foi feita, para bem da língua.