02 novembro 2008

A nossa língua é assim tão feia ?


O Tan tem dois anos e é filho da empregada da lavandaria do prédio onde moro. Ontem, para o aborrecer, perguntei-lhe em português se já tinha comido o bolo de chocolate que lhe comprara na pastelaria do centro comercial onde o levara. Ao ouvir-me falar, surpreendido com tamanha cacofonia, fez a careta que podem ver. Como as crianças só mentem para evitar punições, a expressão desde miúdo leva-me a pensar seriamente se a a última flor do Lácio não passa, afinal, de insuportável ruído. Há semanas passara por igual percalço. Estando a falar ao telefone com um amigo português, a fulana do banco que me atendia perguntou-me admirada como podia eu, europeu, falar tão bem ... khmer !!!! Só me lembrei do tempo em que não falava alemão e aquela bela língua soava-me como o matraquear de uma metralhadora.


Tango Noturno - Pola Negri

Sem comentários: