14 agosto 2008

A melhor do dia



Não resisto. Em 1959, Cuba ocupava o quarto lugar nas estatísticas de riqueza do hemisfério ocidental, a seguir aos EUA, Canadá e Uruguai, pois que da Argentina, após quase uma década de "socialismo de direita" do casal Perón, se havia eclipsado a fartura de outros tempos. Hoje, campeiam a miséria e o pluri-emprego: médicos dedicam-se ao taxismo e enfermeiras fazem um pé de meia na indústria da alternação. Coisas do socialismo, do progresso e da revolução.


Mambo 8 (Perez Prado)

Sem comentários: