11 julho 2008

A Espanha não nos larga


Inaugurou-se em Saragoça uma exposição mundial dominada, uma vez mais, pelo tema dos oceanos. Esperaram dez anos para replicar a Expo 98, não escondendo o propósito de confiscar o papel histórico que coube aos dois reinos ibéricos no processo de expansão europeia nos séculos XV e XVI. Por Portugal, entre a ignorância, a estulta "boa vizinhança" de negócios e um cada vez maior entreguismo à lógica do protectorado, não se ouviu uma voz. Não se trata de um acidente retórico, nem de Franco, nem de José Antonio, dos republicanos ou da Federação Anarquista. É um geo-comportamento, e desse nunca nos livraremos.


Isabel y Fernando

Sem comentários: