08 maio 2008

Do bom luxo asiático




Banguecoque, Gasornplaza
O bom gosto discute-se, sim senhor. É daquelas coisas que se afirmam por si e se conhecem por intuição. Os tailandeses, como os japoneses - porque os chineses têm um mau gosto infuso, que se precipita, ora no plástico, ora no grande e caro - detêm essa qualidade que na Europa só encontrará equivalente entre os italianos, pois o "chique français" soa a artificial. Não é o ouro que faz o bom produto. Às vezes, uma ave em papel e um espaço vazio enchem mais que os mais rutilantes mármores.

Sem comentários: