02 fevereiro 2008

A tropa está zangada: e se um general Monk ?


O ministro de palmo-e-meio fê-la bonita. Vá lá que, para contrariar a ondulação fétida do reviralho, houvesse nesta tristíssima polémica uma nota de dignidade do Estado - na pessoa do Presidente Cavaco - e uma desautorização pública do ministrozinho pela voz do porta-voz das Forças Armadas. É o que dá distribuir postos ministeriais a miudezas. O regime, qualquer regime, depende in extremis do cano das espingardas. Não estivessemos na Europa integrados e pelas minhas contas já teríamos presenciado meia dúzia de pronunciamentos militares desde 1976, seguindo a velha tradição inaugurada por Saldanha em meados do século XIX. A oficialagem, que aprende nos bancos da Academia a respeitar as hierarquias fundamentais, os símbolos constitutivos e os sentimentos elementares que ditam o ser e o não-ser da Nação, é instintivamente monárquica. A tropa sabe que a etiqueta, o respeito pela herança e a ordem necessária estão mais salvaguardadas e blindadas em monarquia; a tropa sabe que todos os desastres militares e políticos do longo e desastroso século XX tiveram na raíz a ausência de um chefe dinástico, árbitro apaziguador e agente de elevação cívica. A tropa poderia ter evitado tudo isso, logo em 5 de Outubro de 1910, tivesse o pusilânime general Gorjão mandado varejar a tiro de canhão a meia dúzia de energúmenos da Rotunda. Não o fez, para mal da sua reputação e para mal do futuro do país. Talvez germine um dia, no gabinete de um general, a peregrina ideia de emular Monk. Só ganhariam a liberdade, a democracia e o país com tal assunção de coragem. E a Europa importar-se-ia ? Claro que não, pois o assunto seria encerrado em duas horas como mais um incidente na distante aldeia dos doidos lusitanos, para lá das montanhas e dos noticiários. No dia seguinte, o Parlamento reabriria portas, o governo seria o mesmo e o retrato do Rei estaria em todas as repartições públicas. Estou cada vez mais asiático, não ?


Marcha da Vitória (marcha mperial russa)

Sem comentários: