29 fevereiro 2008

Potência histórica: lição para as Necessidades

"On sunday, the twenty-fourth, three large boats came to ancher near the ship, under the charge of the captain of the port of Bangkok, Mr. Josep Piedade, a christian Portuguese born at Bangkok"(pág. 26).

ROBERTS, Edmund. Embassy to the Eastern Courts of Cochin-China, Siam and Muscat; in the US Sloop-of-War Peacock (...) during the years 1832-33-34. New York: Harper and Brothers, 1837

"Dinner at the palace of Phraklang" (ministro responsável pelos contactos exteriores do Sião) served à la Siamese and Portuguese" (pág. 44).
Idem

"Ficámos com a impressão que Albuquerque e seus homens haviam saído dos túmulos e estavam agora entre nós após trezentos anos. (...) Estes valorosos senhores podiam invocar a ancestralidade portuguesa e a naturalidade siamesa. Como outros descendentes dos Portugueses em qualquer parte da Índia, enquanto a ossatura manteve a forma, a cor da pele foi escurecendo até se tornar igual à dos nativos das terras onde vivem, dos quais já mal se distinguem" (pág. 143-44)

RAUCHENBERGER, W.S.W. Narrative of the round the world during the years 1835, 36, and 37, including a narrative of an embassy to the sultan of Muscat and the king of Siam. London: Richard Bentley, 1838.

"Chegados ao deck [da barca do Rei do Sião], ouvia-se falar uma língua ininteligível, concerteza português. Esta gente [a tripulação] estava cheia de curiosidade e perguntaram-nos tudo o que quiseram. Um dos soldados aproximou-se, dirigindo-se-me num claro latim: "Inquis Latinum, Domine ? ". Por ele fui informado que toda a tripulação da barca era composta por cristãos e haviam sido educados por missionários portugueses. Disse-me que todos eles tinham de aprender latim, (...) mas todos mascavam betel e tabaco". (pág. 145)

"A meio do trajecto passámos por Paklat ou "Cidade Nova", onde se situa uma grande fortaleza (...). Chegámos à Piedade e fomos recebidos por outro cavalheiro do tipo de Albuquerque, um general, na companhia do filho, vestido de vermelho" (pág. 147).
Idem


Sakana Sato: Concept & Music

Sem comentários: