30 janeiro 2008

A palavra de ordem é "encher salas"

Que ninguém invente uma visita ao dentista, ao supermercado ou a ida à FNAC para não comparecer à conferência de Rui Ramos. As televisões lá estarão para fazer a habitual crónica minimizadora. Sublinho: não se trata de uma prelecção; trata-se de uma convocatória e prova de força.

Sem comentários: