26 novembro 2007

Unanimidade sem totalitarismo


Wan jan see leang, o que quer dizer "segunda-feira amarela". Todos os tailandeses vestem camisola amarela com as armas reais em sinal de respeito para com o Rei. É a unidade sem constrangimento, a afirmação do respeito pela instituição acima dos partidos, das facções e indivíduos. A Tailândia tem destas coisas espantosas. Um povo livre, orgulhoso da sua independência, tolerante e diverso étnica e religiosamente que todas as semanas presta um belíssimo como comovente tributo de respeito à instituição que simboliza o país. Aqui não houve comunismo e o Ocidente foi filtrado. Neste dia, de fora ficam as barreiras da riqueza pessoal, a hierarquia e o poder de cada um. Do taxista ao vendedor de rua, do ministro ao capitalista da city, do professor ao general, um mar amarelo. Resta, apenas, o orgulho nacional.

Sem comentários: